Portal da Metodologia TPM - Total Productive Maintenance

 

Olá visitante! Clique aqui para identificar-se

Artigos Nova pagina 1
         Esqueci minha senha  Esqueci meu usuário
 
Home  >>  Artigos  >>  DA PORTEIRA PARA DENTRO
 
 
DA PORTEIRA PARA DENTRO
 
Autor: Luiz Marins
 
Um criador de gado de corte recebe pela arroba do boi o valor estipulado pelo mercado, que é publicado diariamente nos jornais. Ele não tem nenhuma influência sobre esse valor. É esse preço que o frigorífico pagará a ele. Sem ter poder sobre o valor, se quiser ganhar mais, terá de cuidar de seus custos e ser mais eficaz da porteira para dentro, já que, da porteira para fora, não tem controle algum.

Muitas vezes, essa situação se repete na indústria e mesmo no comércio. A indústria consegue vender seus produtos pelo preço que o varejo se dispõe a pagar. O varejo, por sua vez, terá de vender o produto pelo preço de mercado, ou seja, pelo valor que os consumidores estiverem dispostos a pagar. E é inútil aumentar muito os preços, pois isso prejudicaria as vendas. Portanto, para obter melhores resultados, a indústria e o comércio também devem cuidar de seus negócios "da porteira para dentro", reduzindo custos e sendo mais eficientes na gestão.

Acredito que essa mesma verdade se aplique às relações entre as pessoas. Se não tenho poder sobre a forma de pensar e o comportamento dos outros, a única solução que me cabe é cuidar "da porteira para dentro", ou seja, cuidar de mim mesmo, da minha forma de encarar a realidade. Assim, em vez de ficar irritado com o comportamento alheio, devo refletir por que me aborreço tanto com isso e aprender a administrar minha irritação, pois não tenho poder para mudar o outro.

O mesmo acontece na relação com colaboradores, alunos etc. Em vez de somente desafiar as pessoas a aprender algo novo, talvez você deva "se desafiar", para que elas também aprendam quando você propõe desafios. O líder é, assim, aquele que "se desafia" para que seus liderados atinjam resultados. Ele trabalha mais "da porteira para dentro" do que da porteira para fora.

Muitos dos fracassos e irritações que temos são frutos da ilusão de que podemos transformar a realidade, mudar as pessoas, o mercado, o mundo. Se, em vez disso, nos habituarmos a pensar "da porteira para dentro", mudando nossa forma de pensar e de agir, talvez alcancemos resultados mais rápidos e eficazes.

Pense, pois, da porteira para dentro. Sucesso!
 
Bibliografia:
MARINS, Luiz. Da porteira para dentro. Revista Voe, São Paulo, maio 2012, n. 47, pág.82.
 
 
 
 

 

Participe da maior pesquisa sobre TPM já realizada no Brasil e concorra a um Notebook.

PARTICIPE!

 
 
 

TPM contado por quem pratica

 

 

OS CAÇADORES DE PROBLEMAS DA BRASIL KIRIN

 

 
 

Busca   

 
 
Nova pagina 1
 

Portal TPM - Todos os direitos reservados.