Portal da Metodologia TPM - Total Productive Maintenance

 

Olá visitante! Clique aqui para identificar-se

Artigos Nova pagina 1
         Esqueci minha senha  Esqueci meu usuário
 
Home  >>  Artigos  >>  SISTEMA DA TOYOTA MELHORA PRODUÇÃO DE J. MACÊDO E 3M
 
 
SISTEMA DA TOYOTA MELHORA PRODUÇÃO DE J. MACÊDO E 3M
 
Autor: Ana Paula Machado
 
Demanda e consumo são identificados com precisão pelo Sistema Lean, que permite redução de estoque e maior agilidade

Redução de R$ 2 milhões no e aumento da produtividade. Esse é o saldo da J. Macedo, fabricante de massas e misturas para bolo com marcas como Petybon e Dona Benta, depois de mudar a estratégia de produção na pior unidade da empresa em níveis operacionais. O caminho seguido passou pela adoção do Sistema Lean, criado no pós-guerra japonês pela Toyota. O modelo prega a redução de estoques e a maior produtividade.

Alysson Paolinelli, diretor industrial, disse que a decisão de adotar essas medidas foi tomada depois de verificar que a fábrica de mistura para bolos e sobremesas, localizada na capital paulista, estava prestes a fechar. "Era a unidade com o pior resultado dentro da companhia. Hoje, depois de dois anos de implantação do sistema, é a fábrica que se destaca dentro de toda a estrutura da J. Macedo", disse Paolinelli.

O executivo conta ainda que nos dois anos de implantação do Lean a produtividade da unidade aumentou sensivelmente. "Nós conseguimos reduzir um turno de produção, passamos de quatro intervalos de trabalho para três, e agora estamos fabricando 4,6 milhões de toneladas mensais. Antes, fazíamos 3,4 milhões de toneladas mensais com mais tempo de trabalho", afirmou o executivo.

Paolinelli acrescentou que o sistema Lean será adotado nas outras cinco unidades da empresa no país. "Vamos implantar de forma gradual. O plano é em três anos ter todas as fábricas inseridas na filosofia Lean", disse o executivo, acrescentando que em 2011 a fábrica de macarrão, em Pouso Alegre (MG) adotará o modo de produção.

"O sistema Lean é geralmente usado como uma ferramenta de produção para aumentar os níveis operacionais da manufatura, mas pode ser executado como uma maneira mais eficiente de gestão. Prova disso é que a 3M adotou o sistema no departamento comercial", disse o presidente do Lean Institute, José Roberto Ferro que coordena o Lean Summit 2010, evento que acontece hoje e amanhã em São Paulo e abordará a adoção da ferramenta na cultura das empresas "Com ela, a empresa consegue identificar melhor a demanda e o consumo reais", afirma Ferro.

Ganhos na 3M

Na 3M do Brasil, os ganhos com a adoção do sistema, informou o diretor da empresa, Francisco Barbeiro, responsável pela implantação, se situaram na melhora da gestão dos estoques. "Implantamos a ferramenta em nossa estrutura de vendas e em três anos conseguimos ter um giro maior de estoque e melhorar em 20% o atendimento ao distribuidor", disse Barbeiro.

Ele explicou que, no caso da 3M, por meio do Lean, a empresa conseguiu gerenciar melhor os pedidos. Agora, todos as encomendas feitas pelos distribuidores chegam de forma contínua na empresa, evitando a concentração no final do mês. "Temos uma visão do consumo final do produto e podemos determinar a cadência de produção. Além disso, desenvolvemos uma parceria maior com cada distribuidor e conseguimos gerenciar melhor as vendas", disse Barbeiro.

Hoje, a ferramenta faz parte da rotina de quatro distribuidores e até o final do ano terá sido implantada em 50. "A ideia foi incluir distribuidores que representam mais de 50% das vendas da companhia no país."
 
Bibliografia:
MACHADO, Ana Paula. Sistema da Toyota melhora produção de J. Macêdo e 3M. Valor Econômico, São Paulo, 3 ago. 2010. Brasil Econômico, p. 27.
 
 
 
 

 

Participe da maior pesquisa sobre TPM já realizada no Brasil e concorra a um Notebook.

PARTICIPE!

 
 
 

TPM contado por quem pratica

 

 

OS CAÇADORES DE PROBLEMAS DA BRASIL KIRIN

 

 
 

Busca   

 
 
Nova pagina 1
 

Portal TPM - Todos os direitos reservados.